06/06/2019 as 13:58

Feminicídio

Homem que matou a ex-mulher em Itabaiana é preso em menos de 24 horas

O acusado tentava reatar o relacionamento


Homem que matou a ex-mulher em Itabaiana é preso em menos de 24 horasFoto: SSP/SE

A Polícia Civil de Sergipe, por meio do DAGV e da Delegacia Regional de Itabaiana, apresentou na manhã desta quinta-feira, os detalhes da prisão de Antônio Carlos de Souza Oliveira, vulgo “Zé da Batata”, autor do feminicídio que vitimou a sua ex-mulher, Jeane Pinho Almeida. O crime ocorreu no final da tarde dessa terça-feira, 4, na cidade de Itabaiana.

A vítima foi morta com disparos de arma de fogo, supostamente porque o autor não aceitava o fim do relacionamento. O homem chegou a ser preso antes do crime, mas saiu após 30 dias e continuou com as ameaças, até que, na última terça-feira, executou sua ex-mulher com cerca de quatro a cinco tiros.De acordo com informações da delegada do DAGV de Itabaiana, Josefa Valéria, o autor disse que foram feitos quatro disparos, mas ainda tem que ser aguardado o laudo do IML para confirmar. A possível arma do crime, um revólver calibre 38, foi apresentada na manhã de hoje, 6, pelo advogado do acusado, e vai ser encaminhada à perícia para comprovar se de fato foi o armamento utilizado no crime.

Segundo informações, a vítima já tinha sido agredida fisicamente pelo companheiro com um pedaço de madeira. “A motivação do crime, segundo ele, seria a divisão do imóvel do casal. Ele alega que a mulher não queria dar a parte dele, mas o histórico dele e testemunhas falam que ele continuava insistindo em reatar o relacionamento, mas a vítima não queria”, explicou a delegada Josefa Valéria.


No momento do crime, a vítima estava sentada na porta de casa e limpando cebolas para a feira de Itabaiana, quando foi atingida pelos disparos sem qualquer chance de defesa. A delegada agradece o apoio da população para elucidar mais um feminicídio. O inquérito foi aberto e, em até 10 dias, será elucidado, para saber se o acusado teve ajuda de possíveis comparsas, já que, segundo denúncias, ele recebeu ajuda para fugir do local.