24/12/2014 às 09h12 - Cultura

Viva La Brasa: de Blog a Livro

Por: Suyene Correia/ Equipe JC

Foto: Divulgação

O livro “Viva La Brasa” iria ser lançado no mês de agosto, mas um projeto da sua magnitude e natureza (independente) está sujeito a intercorrências e o atraso foi inevitável. Agora, o jornalista e blogueiro Adolfo Sá respira aliviado com a conclusão do livro de 280 páginas, que compila textos de sua autoria produzidos para o Cabrunco Zine (1995 -1997) e para o blog Viva La Brasa (2005-2012), além de quadrinhos, ilustrações e material recente publicado em revistas e jornais locais.

Com o prefácio assinado por Xico Sá, o livro estará em pré-venda (http://prevenda.vivalabrasa.com/) até o dia 22 de janeiro, ao preço de R$ 49,90 (incluído alguns brindes, como pôster, marcador, adesivo), sendo que o lançamento ocorrerá no dia 23 de janeiro, na Caverna do Jimi Lennon Rock Bar.

Segundo Sá, “Viva La Brasa” começou a ser gestado no ano passado, juntamente com o jornalista Rian Santos (que assina a apresentação e foi responsável pela edição) e a designer gráfica, Gabi Etinger (que assina o projeto gráfico). “Convidei o Rian para editar o livro e a Gabi para diagramá-lo. Com relação à escolha dos textos para compor a publicação, priorizei aqueles mais pessoais e ‘resistentes’ ao tempo ou que se encaixam dentro de um contexto específico”, explica.

Adolfo Sá contou com colaborações preciosas de Allan Sieber, Adão Iturrusgarai, Pablo Carranza, Thiago Neumann, Weave, Adelvan Barbosa, além de Maíra Ezequiel, Michael Meneses, Marcio Sno e Ellen Rocha, para a composição da publicação. Tudo com uma pegada punk rock que agradará a “gregos e troianos”.

Com um investimento de R$ 13 mil (entre equipe e impressão) e dois anos de muito trabalho, Adolfo Sá chama a atenção do esquema independente “faça-você-mesmo”. “As pessoas têm que acreditar mais nos seus objetivos e correr atrás do resultado. Conheço muita gente neste Estado que só faz qualquer coisa se for financiado por dinheiro público. O lançamento de “Viva La Brasa” vem mostrar que há outros caminhos, outras possibilidades, com a colaboração de amigos”.

Caso o leitor queira adquirir um dos 500 exemplares de “Viva La Brasa” é bom não cochilar. Acesse http://prevenda.vivalabrasa.com e assegure logo o seu exemplar.

Comentários

comments powered by Disqus