14/07/2017 às 13h07 - Educação

Secretaria de Estado da Educação recebe doação de livros

As escolas beneficiadas são as que possuem um baixo acervo de títulos literários em suas bibliotecas

A Secretaria de Estado da Educação (Seed), por meio da Divisão de Material, Ensino-Aprendizagem (Dismea), do Departamento de Apoio ao Sistema Educacional (Dase), realiza a campanha de arrecadação de livros 'Compartilhe seus Livros e Transforme Vidas' e nesta quinta-feira, 13, recebeu 400 exemplares do livro Sabedoria Popular, produzido pelo escritor e desembargador Edson Ulises de Melo.

 

Foto: Ascom/Seed

 

O coordenador da Dismea, Marcos Vinícius Melo dos Anjos, explicou que esta campanha teve início no ano passado de uma forma experimental, foram arrecadados aproximadamente quatro mil exemplares e a previsão é que em 2017 supere esse número.

 

“Ficamos muito felizes com a doação do desembargador. Esta literatura, por se tratar das temáticas pertinentes à sabedoria popular, irá reforçar a noção da sergipanidade e de pertencimento. Dessa maneira, os estudantes terão a oportunidade de se aproximarem mais das abordagens relacionadas à cultura local”, comentou, ao destacar que muitas pessoas e diversos segmentos compartilharam desta preocupação em ampliar o acervo das bibliotecas das unidades escolares da rede estadual de ensino.

 

Doação de livros

 

Segundo Marcos Vinícius Melo dos Anjos, uma iniciativa como esta só comprova a preocupação da Seed em fomentar ações que permitem a melhoria da qualidade do ensino. “A Secretaria enxerga a biblioteca como um excelente meio para favorecer e melhorar o processo de ensino e aprendizagem e até mesmo colaborar para que o docente realize um trabalho multidisciplinar”, explicou.

 

As doações podem ser feitas por meio do Dase, pelos telefones 3253-8101 e 3253-8103, ou ainda pelo e-mail assessoria.dase@seed.se.gov.br. O interessado entra em contato e a Dismea envia um técnico para o local. As escolas beneficiadas são as que possuem um baixo acervo de títulos literários em suas bibliotecas.

Comentários

comments powered by Disqus