14/07/2017 às 16h00 - Aquidabã

Motorista de transporte escolar é preso por estuprar menina de 12 anos

Vítima ainda chegou a ser ameaçada pelo homem que, após o crime, propôs casamento.

Por: JornaldaCidade.Net/ Com informações da SSP

Foi preso, na manhã desta sexta-feira (14), Geni Vieira Júnior, de 29 anos. Ele é acusado de ter ameaçado e estuprado uma estudante de 12 anos que utilizava o ônibus escolar o qual ele era motorista no município de Aquidabã.

 

O crime ocorreu no dia 20 de junho deste ano, por volta das 15h30. Segundo o delegado Wanderson Andrade, na ocasião, a vítima estava em frente à escola, localizada em um povoado da Zona Rural do município, quando Geni chegou em uma moto. Ameaçando a menina de morte, ele a obrigou subir na garupa.

 

Foto: Divulgação/ SSP

 

 

“O acusado falou que se a vítima não lhe obedecesse, ele mataria seus pais. Assim, a garotinha, sem alternativa, submeteu-se à ordem do acusado, que a levou para uma estrada deserta, onde, com emprego de intimidações, a estuprou”, explicou o delegado.

 

O delegado revelou ainda que, após ter consumado o crime, o acusado deixou a menina numa praça onde, de lá, a vítima foi a pé para casa. “Já em casa, percebeu que sua calça e sua calcinha estavam sujas de sangue. O mais impactante de tudo isso é que a menina perdeu sua virgindade nesse estupro, conforme comprovou exame pericial do IML”, complementou Andrade.

 

Além da prática do crime, outro ponto causou perplexidade. “O acusado ainda teve a petulância de ligar para os pais da menor, dizendo que poderia corrigir seu ato abjeto, se casasse com a menina de 12 anos que violentou. Essa conversa foi gravada pelos genitores da vítima e será entregue à Justiça”, relatou o delegado. 

Comentários

comments powered by Disqus