01/11/2013 às 10h50 - Cidades

Prefeitura não define decoração natalina

A única exceção é o Parque da Sementeira, cuja iluminação será feita pela Energisa, conforme informações da Fundação Cultural de Aracaju (Funcaju), através de sua Assessoria de Comunicação.

Por: JornaldaCidade.Net

Enquanto alguns lojistas, por iniciativa própria, já começam a entrar no clima natalino, a Prefeitura de Aracaju ainda não possui nenhuma definição a respeito da decoração de Natal do Centro da cidade e demais localidades. A única exceção é o Parque da Sementeira, cuja iluminação será feita pela Energisa, conforme informações da Fundação Cultural de Aracaju (Funcaju), através de sua Assessoria de Comunicação. 

Aguardando um posicionamento do poder público municipal, o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Sergipe (Acese), Alexandre Porto, disse que espera que a apresentação do que será feito para decorar o centro comercial da cidade. “Há cerca de 20 dias me foi dito que seria apresentado um projeto, mas até agora esse projeto não chegou, e agora aguardamos o que, de fato será feito, pois já não temos mais tempo. Novembro já começou, daqui uns dias já é dezembro. Quanto mais antes a decoração ser implantada, melhor”, disse. 

De acordo com o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Samuel Schuster, o ideal é que no dia 1ª de dezembro, a decoração já esteja pronta. “Quanto mais cedo possível, melhor para que as pessoas sintam o clima de Natal na cidade. O que não pode é deixar tudo para em cima da hora. Até o momento não tivemos nenhuma posição, mas estamos buscando conversar com os secretários para uma definição, até porque a CDL tem a tradição de contratar o Papai Noel, mas é preciso organizar juntamente com o município essa questão de decoração”, destacou. 

Para ambos, o clima de Natal no centro comercial no município é essencial para a movimentação econômica. “É um estímulo ao consumo. Já no final de novembro vivenciamos um acréscimo nas vendas, mas é mesmo em dezembro que se concentra um grande volume de vendas. E o clima de Natal favorece toda essa movimentação”, frisou Samuel Schuster. 

Comentários

comments powered by Disqus