seta anterior

Anterior

Impedido

09/05/2017 às 09h10 - Deputada Estadual

Irmã de Fábio Mitidieri será candidata

Maísa aparece com um nome jovem, leve e com um perfil de comunicar-se bem.

Por: JornaldaCidade.Net

Ressarcimento 1

Com o anúncio de que a Prefeitura de Aracaju irá realizar outro chamamento para o contrato emergencial do lixo, a coluna recebeu a informação de que a empresa Torre, que ganhou a última concorrência, poderá entrar na Justiça para ser ressarcida dos prejuízos que a Emsurb teria lhe causado, com a revogação do contrato – que está sob investigação, mas não há determinação judicial para suspendê-lo. 

Ressarcimento 2

A informação é de que a empresa Torre teve gastos com a contratação de pessoal, combustível, ferramentas, equipamentos etc. Além disso, a Torre poderia ingressar na Justiça alegando o chamado “direito à indenização dos danos emergentes e aos lucros cessantes”, ou seja, buscando receber integralmente o valor do contrato, caso o mesmo tivesse sido cumprido na íntegra.

Prorrogação
Enquanto a prefeitura anuncia um novo processo de contratação emergencial, o Ministério Público Estadual, na semana passada, recorreu da decisão da 18ª Vara Cível, que suspendeu a prorrogação do contrato com a empresa Cavo e manteve em vigência o último processo emergencial, vencido pela Torre. O MP pediu a prorrogação do contrato com a Cavo por mais 45 dias, enquanto a prefeitura deveria lançar outra contratação. O Tribunal de Justiça vai julgar o recurso.

O deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) confirmou à coluna que sua irmã, Maísa Mitidieri, será mesmo a candidata da família a deputada estadual. Exercendo o sexto mandato na Assembleia Legislativa, seu pai, Luiz Mitidieri, não tentará a reeleição – mas, ao que parece, também não pensa em aposentar-se da política. Maísa aparece com um nome jovem, leve e com um perfil de comunicar-se bem. Agregando isso ao capital político da família, tem um excelente potencial.

É candidatura 1
O deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) confirmou à coluna que sua irmã, Maísa Mitidieri, será mesmo a candidata da família a deputada estadual. Exercendo o sexto mandato na Assembleia Legislativa, seu pai, Luiz Mitidieri, não tentará a reeleição – mas, ao que parece, também não pensa em aposentar-se da política. Maísa aparece com um nome jovem, leve e com um perfil de comunicar-se bem. Agregando isso ao capital político da família, tem um excelente potencial.
 

É candidata 2
Sobre o futuro de Luiz Mitidieri, o deputado federal Fábio Mitidieri prefere não revelar ainda, mas deixa pistas: “Vamos aguardar para ver qual será a participação do PSD em 2018. Temos bons nomes, como Jeferson Andrade e Luiz Mitidieri”, falou. Ou seja, o partido pode indicar Luiz como vice, numa chapa para governador, dentro do arco de alianças de Jackson Barreto (PMDB).

Não passará
E falando em Mitidieri, o deputado federal diz que a pressão do governo sobre os deputados é muito grande para aprovar a reforma trabalhista. Ainda assim, pelo clima que há no Congresso, ele avalia que o texto não será aprovado.
 
Pode passar 1
Já o deputado Valadares Filho (PSB) acredita que a reforma trabalhista deve ser aprovada no Congresso, pois precisa apenas da maioria simples dos votos. Já a reforma da Previdência ele considera mais polêmica. O deputado lembrou que o governo teve 296 votos na reforma trabalhista e precisará de 308 para a previdenciária.
 
Pode passar 2
“O governo não tem a mesma quantidade de votos, porque a previdenciária é mais polêmica. Hoje o governo não tem esses votos. O clima é de que o governo terá dificuldades para aprovar, mas eles estão jogando pesado para conseguir apoio”, resumiu Valadares Filho.

Reduzida 1
A Prefeitura de Aracaju já começou a discutir a realização de mais uma edição do Forró Caju. Devido à falta de recursos da administração, a festa será mais enxuta, modesta e priorizando artistas locais. Quem garante é o secretário da Comunicação, Luciano Correia, que é responsável pela organização do evento, juntamente com a Funcaju.

Reduzida 2
Ainda não há muitas definições, mas Luciano garante que serão valorizados artistas locais e regionais, relacionados às raízes nordestinas. Sobre parcerias com a iniciativa privada, ele diz que neste momento de crise financeira essa possibilidade também é pouco viável. O secretário falou ainda que não será mantido o espírito de privatizar a festa e que provavelmente não haverá nada com acesso pago.
 
Sem divulgação 1
O secretário de Estado do Turismo, Fábio Henrique, acredita que por conta dos problemas financeiros o Estado não deverá fazer uma grande divulgação dos eventos juninos em Sergipe. “Há dificuldade até para pagar a folha. O governador tem boa vontade, mas tem que ter dinheiro”, disse ele, afirmando que o jeito é recorrer à criatividade.

Sem divulgação 2
No próximo dia 19 o secretário estará realizando um almoço com o tema Sergipe para a Trend, que é a segunda maior operadora do Brasil (foi comprada pela CVC recentemente). “Vamos fazer um trabalho com 700 operadores da Trend, para incentivar que vendam o Estado de Sergipe”, explicou.

Sem recursos
Questionado pela coluna se o governo irá apoiar as festas do interior, Gama disse que o Estado não tem recursos e aguarda a liberação de uma emenda do pastor Jony para ver o que será possível apoiar. O secretário participou ontem de reunião no Banese para discutir apoio financeiro aos eventos juninos.

Comentários

comments powered by Disqus