13/03/2019 as 07:42

Câmara de Aracaju

Lucas Aribé critica a demora na tramitação de pautas e proposituras de auditorias

Ele ainda avaliou que alguns projetos estão sendo empurrados com a barriga pela Mesa Diretora.


Passos lentos 1

O vereador Lucas Aribé, do PSB, criticou a demora para que matérias importantes saiam do papel na Câmara de Aracaju. O parlamentar citou o Plano de Carreira dos Servidores, o Regimento Interno e o novo Organograma, que vai possibilitar a realização do concurso público. Ele ainda avaliou que alguns projetos estão sendo empurrados com a barriga pela Mesa Diretora.

Passos lentos 2
Para ele, a morosidade na tramitação dessas pautas e outras proposituras de autoria de diversos vereadores demonstram certa falta de compromisso com a função básica do Legislativo, que é discutir os assuntos de relevância para os aracajuanos propondo soluções. “O que vale nesta Casa é a conveniência”, rechaçou.

Em São Luís
O governador Belivaldo Chagas embarca hoje para São Luís, onde participa de mais uma edição do Fórum de Governadores do Nordeste. O encontro, que ocorre na quinta, reunirá os nove governadores da região para assinatura de protocolo de criação do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste. A inciativa objetiva firmar parcerias, otimizar resultados e economizar recursos financeiros. Com o consócio, poderão ser feitas, por exemplo, compras compartilhadas entre os Estados, reduzindo custos dos produtos e dos serviços.

Retratação 1
O presidente do Sindicato dos Médicos de Sergipe, João Augusto Oliveira, retratou-se ontem, 12, das declarações caluniosas que havia feito contra o prefeito Edvaldo Nogueira. Durante audiência no Juizado Especial da Comarca de Aracaju, segundo consta no termo da audiência, o sindicalista disse que “se retratava cabalmente em relação a todos os fatos articulados na queixa”, o que segundo Edvaldo, significa dizer que ele reconheceu que mentiu quando acusou o gestor municipal de não conceder reajuste salarial para acumular recursos para futuras campanhas.

Retratação 2
A retratação de João Augusto Oliveira foi aceita por Edvaldo Nogueira. Nesse sentido, o juiz Marcelo Augusto Costa Campos decidiu pela extinção do processo. Em entrevista ao Portal Infonet, o prefeito afirmou que considerou a declaração do sindicalista “muito grave”, o que o motivou a entrar com a queixa-crime. “Não aceito qualquer ataque à minha honra”, ressaltou. João Augusto disse que retirava o que havia dito, pois “em nenhum momento quis se referir ao prefeito dentro do conceito de corrupção”.

Emenda
O deputado federal João Daniel (PT) realizou ontem visita à Fundação Aperipê. Recebido pelo diretor de Radiodifusão da Fundação de Cultura e Arte de Sergipe (Funcap), Francisco Ferreira, o parlamentar foi informar sobre a emenda parlamentar individual impositiva apresentada por ele para à Aperipê, no valor de R$ 100 mil. Esta é a primeira vez que a Fundação recebe uma emenda destinada por parlamentar sergipano.

Mais Médicos 1
Existem hoje em Sergipe 48 vagas do programa Mais Médicos que não foram preenchidas. Ao todo, 94 médicos cubanos deixaram o estado – mas essas vagas foram praticamente ocupadas, sendo que hoje são apenas quatro em aberto - e já existem profissionais para esses postos, mas como eles são formados fora do país, encontram-se em Brasília realizando uma preparação.

Mais Médicos 2
Ou seja, a saída dos médicos cubanos foi rapidamente recuperada e preenchida com médicos brasileiros. Mas 12 dos novos médicos que ocuparam essas vagas já deixaram o programa, pois foram aprovados em cursos de residência.

Violência 1
O ativista social Firmo Santos comentou nas redes sociais uma passeata contra a violência promovida por uma igreja evangélica da capital: “Nada contra a religião de quem quer que seja, mas não entra em minha cabeça um povo que votou e fez campanha para Bolsonaro, homem violento, que prega a violência, inclusive contra mulheres (...) O mesmo presidente que defende o armamento”.

Violência 2
Firmo continuou: “Agora esse pastor Luiz Antonio, que fez campanha para Bolsonaro e que comemorou a vitória desse tal presidente, vem com as pessoas (a maioria que votou também em Bolsonaro) fazer caminhada contra a violência. Se isso significa arrependimento, ótimo. Se significa hipocrisia, ficou feio”.

Aliado de Edvaldo 1
O deputado estadual Francisco Gualberto (PT) reafirmou aliança política com prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB). Em discurso na Assembleia Legislativa, o parlamentar frisou a relação histórica com o gestor da capital e afirmou que sairá em defesa da atual administração de Aracaju no parlamento estadual, sempre que for necessário.

Aliado de EDvaldo 2
“Tivemos em 2000 um encontro do PT no qual definimos o nome de Déda para disputar a prefeitura e o de Ana Lúcia para ser a vice. Ela não aceitou. Foi quando defendi o nome de Edvaldo, pela história que ele tinha enquanto militante da esquerda, do PCdoB, dos movimentos estudantis e sociais. Edvaldo foi por duas vezes vice do PT, como o PT foi por duas vezes vice de Edvaldo. Estivemos sempre juntos na trajetória política desta cidade”, comentou.

Solidariedade 1
Ontem, o vereador Américo de Deus (Rede) se solidarizou com o presidente do Sindicato dos Médicos de Sergipe (Sindimed), João Augusto, sobre a questão judicial acionada pela Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA).

Solidariedade 2
Para o parlamentar, a classe lutou por reajuste salarial e pela implantação de uma tabela única para todos os servidores da categoria, como também reclama sobre a contratação de médicos via pessoa jurídica (PJ) em vez da realização de concurso público. “Ninguém faz greve porque quer. Não podemos admitir que essa situação continue”, frisou.