07/06/2019 as 09:12

Gastos de verbas

Maria do Carmo (DEM) foi destaque em reportagem da revista época

“A senadora Maria do Carmo (DEM-SE) também não teve de prestar contas dos motivos que a levaram a gastar quase R$ 700 mil em pagamentos a pessoas físicas, cuja prestação de contas é menos transparente”, frisou o semanário.


A senadora Maria do Carmo (DEM) foi destaque em reportagem da revista época, figurando no roll dos parlamentares que mais gastaram suas verbas de gabinete. “A senadora Maria do Carmo (DEM-SE) também não teve de prestar contas dos motivos que a levaram a gastar quase R$ 700 mil em pagamentos a pessoas físicas, cuja prestação de contas é menos transparente”, frisou o semanário.

Zapzap 1
A Prefeitura de Aracaju, através da Secretaria Municipal da Comunicação Social (Secom), implantou um canal de comunicação através do aplicativo Whatsapp. O secretário municipal da Comunicação, Carlos Cauê, explica que o novo canal é uma maneira de aumentar o contato da população com a gestão municipal.

Zapzap 2
“O número de Whatsapp que estamos disponibilizando para a sociedade é mais uma ponte de comunicação que a Secom está estabelecendo com a comunidade. Um número no qual as pessoas possam dialogar diretamente acerca das suas atividades e do trabalho da prefeitura”, ressalta.
PSB 1
O presidente estadual do Partido Socialista Brasileiro (PSB) de Sergipe, Valadares Filho, na condição de membro do diretório nacional do partido, reuniu-se durante esta semana com membros da direção nacional do PSB nas cidades de São Paulo e Brasília. As reuniões tiveram como foco debater as prioridades partidárias e a definição do cronograma de ações em Sergipe.

PSB 2
A primeira reunião aconteceu na segunda-feira, 3, em São Paulo, com o ex-governador e tesoureiro nacional do PSB, Márcio França. Em Brasília, Valadares Filho conversou com o vice-presidente nacional da Fundação João Mangabeira, Alexandre Navarro, sobre a criação de um programa de governo municipalista.

Indefinição
O Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE/SE) aguarda a publicação de decisão do TSE e a comunicação para que possa definir a realização de eleição para a Prefeitura de Riachão do Dantas, onde o vereador Pedro da Lagoa, presidente da Câmara local, é prefeito interino desde que a prefeita Gerana Costa foi afastada do cargo. Ela foi acusada mandar realizar e comprar pesquisa e dela se beneficiar eleitoralmente no pleito de 2016.

Circulando
Neste período junino, a coisa mais fácil de se ver são deputados, prefeitos, vereadores e pré-candidatos dançando em forrobodós por todo o Estado. Como também começa o período das vaquejadas, os finais de semana são muito animados e atraem políticos e eleitores. Até o dia 30 de junho Sergipe anda em ritmo de forró.

Oportunismo
O comunicador Tiago Hélcias está realmente de olho em uma cadeira da Câmara Municipal de Aracaju. Como quem já está lá quer ficar, ele postou ontem: “Acho interessante a tal política de conveniência. Agora, com a aproximação das eleições, certos vereadores da capital aparecem do nada em hospitais, fazem lives em comunidades, aparecem em botecos com o povo... Por que será?”. Quem sabe?

Quer cadeira
Outro comunicador que quer virar vereador é Marcos Aurélio. Contando com o apoio do deputado estadual Luciano Bispo, atual presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe, Marcos se movimenta pelos bairros da capital na caça incessante de votos. Ele se faz presente no acompanhamento de problemas denunciados por populares na periferia.

Presentes
O Departamento Intersindical de Estudo e Estatísticas Socioeconômicos (Dieese) divulgou ontem que em Sergipe trabalha com a estimativa de que o Dia dos Namorados movimentará R$ 88 milhões e que 693 mil pessoas pretendem presentear o parceiro. Segundo Luís Moura, o economista do órgão em Sergipe, os shoppings despontam como principal destino de compras. Tíquete médio será de R$ 127.

TCE 2
A data de 20 de junho, feriado celebrado para Corpus Christi, cairá numa quinta-feira. Então, o dia seguinte (sexta-feira) já foi anunciado que será ponto facultativo no TCE.

Concurso no TCE
Ainda na sessão de ontem, os conselheiros comentaram a necessidade de alguns setores do TCE estarem com atividades sobrecarregadas devido ao número insuficiente de servidores. Foi levantada a hipótese sobre a possibilidade de concurso futuro no órgão para atender a demanda.


O deputado estadual Gilmar Carvalho (PSC) denunciou a falta de ortopedistas no Hospital Jessé Fontes, em Estância, desde o período pós-eleitoral. “Isso é inaceitável. Você ter um dia, dois dias, três dias já causa problema, imagine coisa de tanto tempo. Nós já estamos no sexto mês do ano e já estamos caminhando para nove meses sem ortopedista. Uma gestação completa. A gente espera que o governo que diz que chegou para resolver acorde, desperte e resolva”, cobrou.