14/03/2019 as 08:06

Cobrança

Líder afirma que governador vai primeiro apresentar finanças

Após a cobrança dos sindicatos sobre a criação da mesa permanente de negociação, o deputado estadual Zezinho Sobral (Pode), explicou que o governador Belivaldo Chagas (PSD) vai, primeiramente, apresentar a situação financeira do Estado


Líder afirma que governador vai primeiro apresentar finançasFoto: Divulgação

Após a cobrança dos sindicatos sobre a criação da mesa permanente de negociação, o deputado estadual Zezinho Sobral (Pode), líder do Governo do Estado, explicou que o governador Belivaldo Chagas (PSD) vai, primeiramente, apresentar a situação financeira do Estado. “Apontando os caminhos e as necessidade para, em seguida, tratar desse assunto”, contou.


A apresentação financeira do Estado que Zezinho Sobral se reporta é referente ao discurso de Belivaldo Chagas, quando o gestor apresenta o cenário financeiro aos poderes Judiciário e Legislativo. “Escutei essa fala hoje [ontem] do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica do Estado de Sergipe (Sintese) que já tinha mantido contato com o governador. Mas Belivaldo falou que vai abrir negociação e diálogo”, contou.


Para o JORNAL DA CIDADE, o deputado Zezinho Sobral informou ainda que os movimentos sociais estão solicitando um projeto para tentar que a Medida Provisória 873/2019 não chegue aos servidores estaduais. “Em Sergipe, essa vedação da medida não existe. O governo não mandou nenhum projeto nesse sentido. Mas um deputado vai apresentar na Assembleia Legislativa”, frisou.


Segundo Zezinho, o governo estadual é “simpático” a todos os movimentos sindicais. “Está relacionado a base política, por assim dizer. Vamos estudar o projeto, a constitucionalidade e todos os seus meandros. Na verdade, é um projeto que não altera muita coisa porque já vem acontecendo. Então, ele simplesmente consolida, normatiza uma situação fática que existe hoje. Vai chegar na Casa, ser levado para a Comissão de Constituição de Justiça e ser amplamente discutido”, concluiu, acrescentando que irá acompanhar.