23/10/2021 as 16:04

NO TRÂNSITO

Ônibus colide em carroça no conjunto Augusto Franco

Segundo comerciantes da região, é comum motoristas circularem em alta velocidade

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA

No final da manhã deste sábado, 23, a colisão de um ônibus com uma carroça chocou moradores do conjunto Augusto Franco, bairro Farolândia, na Zona Sul da capital, e trouxe à tona duas problemáticas ainda existentes na cidade: o desrespeito ao limite de velocidade e a continuidade de veículos de tração animal em Aracaju.

O fato aconteceu no cruzamento das ruas Carlos Pereira de Melo com a 1, nas proximidades do Ginásio do Sesi e, apesar do impacto, as vítimas – carroceiro e animal – não tiveram ferimentos graves.

Segundo um comerciante da região, que pediu para não ser identificado, é comum os veículos do transporte público passarem pelo trecho sem reduzir. "Só passam correndo por aqui. Dessa vez, foi uma carroça e, graças a Deus, o carroceiro e o animal não tiveram nada demais. Mas se fosse uma criança ou uma pessoa idosa atravessando?", questiona.

"Os ônibus passam aqui parecendo que estão em uma avenida maior. Só passam acima dos 60km. É um perigo constante", acrescentou outra comerciante.

Procurada para falar sobre o assunto, a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) informou, por meio de nota, que reforça a importância do respeito às sinalizações de trânsito da cidade. "No cruzamento onde ocorreu o fato, há placa de 'Pare' e o respeito a sinalização é fundamental para se evitar acidentes, assim também como o respeito ao limite máximo de velocidade da via", pontuou.

Alem disso, a pasta ressaltou que uma equipe técnica será enviada ao local na próxima semana para verificar se há a necessidade de reforço na sinalização.



|Da redação do JC Online
||Foto: Reprodução/Redes Sociais